Pages

quinta-feira, 25 de outubro de 2007

O APAGADOR DE INCÊNDIO

Até pouco tempo atrás, o Orientador Educacional era visto e entendido como esse digno e necessário profissional em sua ação maior. Muito interessante que ao falarmos em seu nome, quase que automaticamente o ligamos a um fenômeno que os californianos, hoje, querem esquecer e extinguir, extinguir e esquecer. Entretanto, o cotidiano escolar, principalmente já chegando ao encerramento do ano letivo, com todos os envolvidos no processo desenvolvendo os seus estresses, apresentando sucessivos ataques de petit, os "focos" aparecem como num passe de mágica. Daí, surge esse profissional da educação fazendo o mesmo que aqueles profissionais extremamente exigidos lá na Califórnia.
A foto que ilustra esse espaço, pode, hipoteticamente, ser considerada como o Orientador em ação, nesses momentos estressantes.
Que Deus nos livre de ter que contar com os serviços de ambos. Não pelo valor de suas ações, mas por aquilo que provoca as suas ações.

NA FOGUEIRA DA VAIDADE

Espero que fique bem claro, que não estou aqui fazendo piada (muito sem graça, por sinal!) da desgraça dos outros, mesmo que sejam norte-americanos. Posso, como faço agora, extrapolar a minha ojeriza pela ojeriza com que extrapolam e tratam o resto do mundo (afirmo com profunda insegurança o lugar comum de que, nesse caso também, infelizmente, toda regra tem a sua exceção), o meu anti-americanismo, mas não posso negar o meu humanismo, a minha enraizada cultura judaico-cristã.
Seria muito interessante que esse incêndio na Califórnia, se transformasse no símbolo, no paradigma da incineração das atrocidades com que, ao longo da história, em nome da ganância em manter a hegemonia do poder econômico nas mãos e, dessa forma, manter a dominação política e, conseqüentemente, espargir - não, espargir não! É um vocábulo usado em situações espiritualizadas, abençoadas!-, melhor dizer borrifar, espalhar os seus domínios pelos quatro cantos do planeta.
Que esse incêndio, já chegando ao estágio de tragédia, que está causando um profundo baque nas estruturas de Hollywood, levando às cinzas mansões dos Frankensteins produzidos nos laboratórios cinematográficos, queime e destrua somente a vaidade, a petulância, a arrogância do povo.

ABUNDÂNCIA DE REVOLTA OU REVOLTA DAS BUNDAS?

"Seria cômico, se não fosse trágico!" Alguns podem exclamar: _Mas que bundas feias... um tanto quanto arriadas, caídas!!!
Mas, infelizmente, esse é o retrato de um país que não respeita aqueles que transformaram o suor do rosto em sangue e que com as suas contribuições - permitam-me aqui uma redundância, que, espero, tenha um efeito reflexivo- ao longo de um longo tempo de trabalho e de, também, contribuição para o engrandecimento da nação, num momento da vida que mais precisam de tranquilidade para poderem usufruir de algumas poucas coisas que a vida pode ainda lhes oferecer, onde todas as coisas caem por força da idade, do cansaço, o que lhes resta é esta falta de sensibilidade por parte daqueles que, quando se aposentam, o fazem com polpudos salários. Pode-se hipotetizar, que essas cifras são o resultado do somatório do que falta aos que realmente trabalharam.
E já que, na linguagem popular, receberam uma verdadeira "calça arriada" de uma das estatais que, através da massificação de uma imagem de empresa ética, tem a simpatia da maioria da população, esses trabalhadores literalmente ARRIARAM AS CALÇAS enquanto protesto em pleno centro do RJ.
Bundas feias, arriadas, caídas? Não importa. Pelo menos a dignidade e o pouco de forças que lhes restam, continuam de pé e bem firme.
Diante do absurdo - não das bundas à mostra- com que tratam quem chega à terceira idade neste país, há que se deixar uma pergunta martelando o nosso marasmo, o nosso comodismo: quem riu das bundas caídas, que ainda não esteja em vias de se aposentar, se não for da classe política, e que esteja inserido em qualquer campo da atividade humana como funcionário público, de autarquia ou outra diferente do ramo privado, já começou a praticar aqueles exercícios para enrijecimento dos glúteos?

Compenetrado para 2010

Compenetrado para 2010
Visto pela webCam

EU, COMPENETRADO!

EU, COMPENETRADO!

Eu_pela_camara_do_celular

Eu_pela_camara_do_celular

EUNAPAZ

EUNAPAZ
SORRISO É O ESPELHO DA ALMA.

EU

DE PÉ E À ORDEM... SEMPRE!

"PROF, FRANCISCO MATTOS OE DO ALFREDO CASTRO E MÁRCIA FRANCESCONI

ENCONTRO DE MAÇONS

ENCONTRO DE MAÇONS

PANÓPTICO VIRTUAL

Boca da Barra - CF

Boca da Barra - CF

Serra do Rio Rastro (http://www.panoramio.com/photo/752018)

Serra do Rio Rastro (http://www.panoramio.com/photo/752018)
O VERDE É LINDO!
Loading...

Arquivo do blog